Logo_Pimpos.png

Cuidando desde

os primeiros passos

Os cuidados durante os primeiros mil dias são primordiais para o desenvolvimento da criança!


Pode até ser que o seu filho venha a ser um velhinho centenário, mas não haverá fase mais importante para o desenvolvimento físico e mental dele do que os primeiros mil dias de vida



Você já ouviu falar sobre a importância dos primeiros mil dias de vida de uma criança?


Os primeiros 1.000 dias de vida compreendem desde o momento da concepção do indivíduo até os dois anos de idade da criança. São 270 dias da gestação, mais 365 dias do primeiro ano de vida somados aos 365 dias do segundo ano.


Segundo a mestre, doutora e pós-doutora em Odontopediatria pela Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP), Jenny Abanto - que também é responsável pela área de Saúde Bucal do Projeto de Saúde e Nutrição Materno Infantil (Mina) dentro dos primeiros 1.000 dias de vida da Faculdade de Saúde Pública da USP, que diz: “A epigenética¹ corrobora que os efeitos do ambiente tais como alimentação, estresse, atividade física, exposição ao fumo e álcool, entre outros hábitos e atitudes, neste período, irão causar um impacto nos indicadores de saúde e doença em curto e longo prazo. Por tanto, nestes primeiros 1.000 dias de vida é possível determinar um futuro de vida saudável para todos os indivíduos, e a transdisciplinaridade baseada na prevenção é o caminho para atingir esse alvo.”


¹Epigenética é aquilo que está "por cima da genética" - literalmente uma camada adicional de complexidade biológica que influencia nosso velho conhecido, o DNA.


Esse período é crucial para o crescimento e desenvolvimento infantil, pois trata-se de uma ‘janela de oportunidades’, na qual é possível adotar hábitos e atitudes que irão influenciar o futuro do indivíduo.

“O que todo mundo espera é que a criança se torne inteligente, emocionalmente equilibrada, socialmente adaptável, biologicamente saudável”, diz Ana Escobar, pediatra, livre-docente da Faculdade de Medicina da USP e consultora do programa Bem-Estar, da TV Globo. Ela foi uma das palestrantes de evento promovido pela Danone Nutricia, divisão de nutrição especializada da Danone, que promoveu na quinta-feira (25) a 7ª edição do curso de imersão “Primeiros 1000 Dias”, voltada a profissionais de saúde.


Importância do aleitamento materno


Segundo a Nutricionista, Marly Cardoso, coordenadora do Projeto Mina - Saúde e Nutrição Materno-Infantil no Acre, o leite materno é o melhor alimento, oferecendo também benefícios à saúde materna (controle de peso após o parto e proteção para câncer de mama). “O leite materno deve ser oferecido exclusivamente até os seis meses de vida (sem oferta de água, chás ou qualquer outro líquido). Após os seis meses de vida, a alimentação complementar deve ser introduzida de maneira oportuna e adequada de acordo com as diretrizes da OMS, mantendo- -se o aleitamento materno até pelo menos 2 anos de idade da criança.


Um grande número de compostos bioativos do leite humano pode induzir alterações na metilação do DNA e é possível que, sem a exposição a esses fatores, bebês alimentados com fórmulas infantis possam apresentar diferenças na regulação de processos epigenéticos (transcrição de genes e/ou na síntese proteica), contribuindo para um pior perfil de saúde em longo prazo. Compostos bioativos presentes no leite materno podem também influenciar a composição da microbiota intestinal na infância, exercendo papel mediador na relação entre alimentação complementar e risco para ganho de peso excessivo, distúrbios do metabolismo ósseo e para doenças cardiovasculares na adolescência e vida adulta”, destaca Marly Cardoso


LEIA TAMBÉM - Amamentação: Veja aqui 5 mitos e verdades sobre aleitamento materno


A nutrição nos primeiros mil dias da criança


Uma alimentação saudável é um dos pilares da qualidade de vida, independentemente da idade. Entretanto, durante os primeiros anos de vida, o hábito ganha um poder ainda maior já que, segundo médicos e nutricionistas, consegue evitar inúmeras doenças futuras e ainda ajudar no desenvolvimento.


A atenção com a questão nutricional, portanto, deve existir desde a gestação. De acordo com obstetra Dra. Lilian de Paiva Hsu, hoje em dia não é mais aceito ou indicado que a gestante ganhe 10 ou mais quilos. O mais importante mesmo é como essa grávida se alimenta de modo a melhorar o aporte nutricional do feto. [Continue lendo no blog da Canguru News].


LEIA TAMBÉM - Introdução Alimentar: Quando Iniciar Alimentos Alergênicos


A importância do afeto


As crianças crescem melhor quando são amadas. Carinho, afeto e contato físico são essenciais para estabelecer e fortalecer os vínculos entre pais e filhos e ajudam até a aumentar a imunidade do bebê.


Um estudo publicado pela Child Psychoterapy Trust, na Inglaterra, aponta que as experiências vividas na primeira infância afetam a formação do cérebro da criança em áreas relacionadas com a empatia e as emoções. [Continue lendo].


Um bebê, quando estimulado, pode desenvolver até 700 sinapses por segundo”, afirma a pediatra Ana Escobar, livre-docente da Faculdade de Medicina da USP e consultora do programa Bem-Estar, da TV Globo.


Sobre isso, a psicóloga e terapeuta familiar Dra. Tais Masi aponta que o ambiente em que o bebê está inserido é determinante em seu desenvolvimento, sendo necessário estimular o tato, o equilíbrio, o movimento e aspectos vitais (como sono e harmonia, por exemplo). [Continue lendo].


Tudo isso compõem a formação do bebê e sua transformação para a infância e vida a adulta. Como isso interfere na vida adulta?


LEIA TAMBÉM - A Criança e Os Outros - Afeto é fundamental


Efeitos positivos ao longo do desenvolvimento


Na verdade, não é necessário esperar até que a criança chegue à idade adulta para observar os efeitos positivos que os cuidados com os primeiros mil dias de vida da criança trazem.


Desde o início da fase escolar, por exemplo, é possível notar aptidão para aprendizagem, memória e até empatia. Mais tarde, tudo isso pode ser notado quando se fala em competência social e até produtividade.


O Dr. Ricardo Halpern, fundador do Departamento Científico de Comportamento e Desenvolvimento da SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria), ressalta como as interações diárias com a família e o engajamento na comunidade são alguns dos aspectos responsáveis pelo desenvolvimento da competência social posteriormente.


“O sistema familiar funciona como um móbile, em que é preciso ter estabilidade”, diz o pediatra Ricardo Halpern.


“O sistema familiar funciona como um móbile, em que é preciso ter estabilidade. Neste sistema, as interações interpessoais, as alianças, a adaptabilidade e o modo como a família atua em situações de estresse, por exemplo, possuem impacto direto na formação do indivíduo competente”, explica.


A competência e a produtividade do indivíduo, claro, têm relação direta com questões econômicas do país, por exemplo. A partir de dados de pesquisa, o economista e professor do Insper Naércio Menezes Filho mostrou que existe uma relação entre o desenvolvimento neurológico, afetivo e a produção econômica do indivíduo depois de adulto.


Para ele, problemas de desenvolvimento durante a infância (considerando o aspecto nutricional, afetivo e social) levam a dificuldades de aprendizagem, as quais, por sua vez, podem causar evasão escolar ou menor rendimento, tornando o indivíduo menos preparado e produtivo posteriormente.


Como os pais podem se preparar melhor para esse momento?


O nascimento de uma criança é um momento tão especial da vida de uma família que deve ser planejado com todo o carinho. E esses mil dias devem nortear todas as ações para que haja um desenvolvimento correto do feto, um parto dentro dos desejos da mulher e uma harmonia melhor entre mãe e filho no início da vida do pequeno. E isso deve ser pensado antes da concepção, junto com o médico, apurando quais as condições que a mulher se encontra para engravidar. A partir daí, o profissional de saúde e a mãe traçam todo o planejamento, de acordo com os cuidados prescritos pela medicina e os desejos da mulher. Isso inclui, por exemplo, a dieta que será feita e as atividades recomendadas visando o desenvolvimento da criança ainda dentro do útero, a elaboração do plano de parto, o sustento do bebê nos primeiros meses e a introdução de alimentos sólidos com o passar do tempo. É importante que os pais se informem cada vez mais.


Com a saúde digital se estabelecendo e vindo para mudar o nosso futuro, como usufruir disso e melhorar a minha saúde e de meu(s) filho(s)?


Com a pandemia, a tecnologia ampliou o alcance dos benefícios do saúde, então veio a telemedicina, que permite você ser atendido por um médico a distância, complementando foi autorizado as receitas digitais, que permite que esse médico, que está a distância e não pode lhe entregar uma receita em papel, possa lhe entregar uma receita em formato PDF que é aceita nas farmácias, e ainda contribuir para a sustentabilidade do mundo, reduzindo papel, diminuindo a poluição com a diminuição do deslocamento de automóveis e muitos outros benefícios.

Isso tudo é apenas um começo, saiba que existem muitos outros benefícios que estão sendo construídos por empresas inovadoras, como a Pimpos Health, que irão trazer a saúde 5.0 que outros países como Portugal, Espanha, China e muito outros já vivem e usufruem dos seus benefícios.


Se a caderneta de saúde do seu filho ainda tá em papel, guardada na gaveta e com as informações apagando ou ficando inelegíveis, não perca tempo, baixe o nosso aplicativo de Cuidados com a Saúde Infantil que permite você migrar todos os dados da caderneta para a nuvem e ficar despreocupada(o) em perder o histórico do seu filho ou em ficar lembrando de levar para todas as consultas. Ainda, encontre diversos profissionais de saúde em um guia completo e com profissionais especializados em saúde infantil, não perca mais tempo buscando no google ou perguntando aos amigos.


*Com informações dos sites: cangurunews.com.br, primeiros1000dias.com.br e spsp.org.br

abs logo.png
orbita-logo-vetor-(1).png

Parceiros

AV-LOGO.png
logo-01.png
ELEPHANT_logo-20.png
logo safeweb.png

Somos Associados

sbis.png
Whatsapp Pimpos